You are visiting a website that is not intended for your region

The page or information you have requested is intended for an audience outside the United States. By continuing to browse you confirm that you are a non-US resident requesting access to this page or information.

Switch to the US site

Select Your Country or Region
Enviar
Ventilation performance anesthesia machines

Desempenho de ventilação para os protocolos de UTI

A inovadora tecnologia central de anestesia Flow foi desenvolvida para promover o uso eficiente do agente, fornecendo a potência e a precisão para ventilar até os pacientes mais desafiadores. Isso se deve à combinação de nosso Refletor de Volume com seu sistema de reinalação inteligente e nossos comprovados módulos de gás Servo, ajustando a pressão e o fluxo constantemente em cada respiração. [1] [2] [3] [4]

Desempenho de ventilação de acordo com os protocolos da UTI em todas as nossas máquinas de anestesia da Família Flow.

Caso do paciente: Neonato de 393 g ventilado com sucesso com o Flow-i

Um bebê prematuro pesando apenas 393 g (13,9 oz) foi anestesiado com sucesso e ventilado com uma máquina de anestesia Flow-i durante uma cirurgia abdominal importante. Atualmente, ela é uma menininha saudável.

Leia a jornada dela

Como nossas máquinas de anestesia Flow
ajudam a fornecer alto desempenho de ventilação

Alta sensibilidade e precisão graças à nossa tecnologia Servo

Os módulos de gás Servo avançados e comprovados estão integrados nas máquinas de  anestesia Flow para fornecer altos recursos ventilatórios. Isso ajuda a regular a pressão e o fluxo com precisão na mesma respiração e ajuda você a responder às necessidades pulmonares de cada paciente individual.

Maior controle anestésico
com rapidez para lavar e eliminar o agente anestésico

Um pequeno volume do sistema, juntamente com poderosos vaporizadores de injeção que não necessitam de manutenção, permite mais rapidez de lavagem e eliminação do agente anestésico. Isso economiza tempo durante a indução e o retorno da consciência após a anestesia.

Anestesia de baixo fluxo segura sem interrupções, mesmo durante vazamentos

Nossa tecnologia Refletor de Volume substitui os tradicionais sistemas de "bag-in-bottle" e "pistão". O Refletor de Volume nunca esvazia enquanto mantém precisão e capacidade de resposta, mesmo durante anestesia de baixo fluxo. Para minimizar o risco de hipóxia, o circuito respiratório compensa com O durante o vazamento e o OGuard reage quando FIO se torna perigosamente baixo. 

Você tem dúvidas?

Não há outro equipamento de anestesia como este.

O Departamento Cardiotorácico do Hospital Sahlgrenska, na Suécia, escolheu a máquina de anestesia Flow-i por seu excelente desempenho de ventilação. Com relação ao Flow-i, o Dr. Westerlind conclui: “Não existe outro equipamento de anestesia como este."

Leia a história do Dr. Westerlind

Economize gás anestésico e dinheiro e seja mais gentil com o meio ambiente

A tecnologia de Refletor de Volume permite que 98% dos gases expirados sejam reinalados. Isso aumenta a economia de custos no uso de agente e gás com práticas de baixo e mínimo fluxo.

A anestesia de baixo fluxo também pode ser automatizada com segurança, facilitando o trabalho do  anestesiologista.

Leia mais sobre o Controle Automático de Gás

Mais inovações exclusivas para nossas máquinas de anestesia

Com a nossa tecnologia Flow de anestesia, você pode facilmente garantir o fluxo perfeito para cada paciente, ajustando o fornecimento de anestesia em tempo real, respiração-a-respiração.

Proteger o pulmão e reduzir complicações pós-operatórias

Nossas máquinas de anestesia Flow podem ajudar a evitar complicações ventilatórias perioperatórias e possíveis recuperações mais longas, especialmente para o número crescente de pacientes de alto risco.

A alta sensibilidade e precisão a ajudam a fornecer a mesma qualidade de cuidados para todas as condições pulmonares. Manobras de recrutamento semiautomáticas tornam ainda mais fácil fornecer ventilação protetora pulmonar.

Leia mais sobre manobras de recrutamento alveolar

Safe low-flow anesthesia AGC

Controle Automático de Gás

O2Guard - active hypoxia prevention

O₂Guard

MAC Brain

MAC Brain

Você tem dúvidas?

Flow-i anesthesia machine

Máquina de anestesia Flow-i
- nosso modelo inteligente

Flow-i é a estação de trabalho inteligente, uma máquina de anestesia altamente avançada que oferece desempenho superior de ventilação, recursos para suporte a decisões, uma ampla variedade de ajustes de fluxos e pressões e a inovadora opção AGC. A Flow-i fornece cuidados seguros, personalizados e econômicos, também para os pacientes mais desafiadores. Disponível em três versões, é uma solução dinâmica, incluindo um modelo de altura ajustável, e um modelo pendente suspenso no teto.

Flow-e anesthesia machine

Máquina de anestesia Flow-e
- nosso modelo ampliado

Flow-e é a estação de trabalho ampliada e flexível para fornecimento de anestesia dinâmica. Com as inovações exclusivas da Getinge, a máquina garante cuidados seguros e personalizados para uma ampla gama de pacientes. Com uma bancada maior, mais espaço de armazenamento e amplas possibilidades de montagem para equipamentos auxiliares, a Flow-e pode ser personalizada para atender às suas necessidades e preferência em tratamento seguro para os pacientes.

Flow-c anesthesia machine

Máquina de anestesia Flow-c
- nosso modelo compacto

Flow-c é a estação de trabalho dinâmica, compacta e fácil de usar, que permite um tratamento seguro e econômico. O design compacto é uma vantagem em uma sala cirúrgica lotada com um cronograma movimentado. Apesar de seu tamanho pequeno, ela possui vantagens da Família Flow, como o desempenho da ventilação com os padrões da UTI, a dosagem precisa dos agentes, as tecnologias de prevenção de hipóxia, uma interface de usuário intuitiva e várias possibilidades de montagem.

Todas as referências

  1. Internal test reports comparing Flow-i with vendor machines; EVU 125310, EVU-125312, EVU-125313

  2. Case study contributed by Dr. Waltraud Bruchelt and Dr. Günter Baumann, Dept. of Anaesthesiology and Intensive Care Medicine, University Hospital Graz, Austria

  3. Ball L, Dameri M, Pelosi P. Modes of mechanical ventilation for the operating room. Best Pract Res Clin Anaesthesiol 2015;29:285-299.

  4. Lucangelo U, Ajčević M, Accardo A, et al. Flow-i ventilator performance in the presence of a circle system leak. J Clin Monit Comput. 2017 Apr;31(2):273 280.